Quem somos

Quem Somos
Fundação Romão de Sousa.

A Fundação Romão de Sousa surge da necessidade e premência de contribuir com respostas integradas e eficazes para a reabilitação de pessoas com perturbações mentais graves, em especial esquizofrenias. Foi instituída por escritura pública de 8 de Julho de 2009 e foi reconhecida como Instituição Particular de Solidariedade Social e Pessoa Coletiva de Utilidade Pública por despacho de 30 de Junho de 2010 da Ministra da Saúde, tendo sido efetuado o registo oficioso por despacho da Subdiretora Geral da Segurança Social de 13 de Julho de 2010.

A Fundação criou na sua sede, na Casa de Alba, 7100-630 São Bento do Cortiço, uma Comunidade Terapêutica mista para adultos com perturbações mentais graves. Tem capacidade máxima para 18 residentes, com quartos duplos ou individuais.

A Casa de Alba demarca-se do modelo tradicional de Residência para pessoas com perturbações mentais. Vocábulos como doente, cantina e dormitório, são substituídos por residente, cozinha, sala de jantar e quarto de dormir. O enfoque é centrado na pessoa como um todo, enquanto ser idiossincrático, capaz, com potencialidades e limitações, e nas relações que se estabelecem entre todos os residentes. A medicação e os serviços de psiquiatria são utilizados pela Casa de Alba como parte integrante e fundamental neste processo.

A Fundação presta serviços de alojamento, alimentação, apoio integrado (psicológico, psiquiátrico e psicossocial) e apoio na organização das atividades diárias da Casa. Desejavelmente todos os residentes terão nesta última um papel ativo, de acordo com as capacidades de funcionamento psicossocial de cada um, nomeadamente através da compra de géneros e confeção das refeições e da manutenção da habitação. Com este espírito de Comunidade Terapêutica pretende-se promover a autonomia, a funcionalidade e a recuperação pessoal dos residentes. A gestão das atividades da Casa e das interações que nela ocorrem são perspetivadas como momentos únicos, catalisadores de mudança e potenciadores de qualidade de vida.

Há lugar a uma contrapartida pecuniária a cargo dos residentes ou suas famílias, embora se admita que nalguns casos seja possível obter apoio do Instituto de Segurança Social ou do Ministério da Saúde.

Privilegiamos assim as dinâmicas de grupo, a participação ativa nas tarefas do dia-a-dia e o potencial terapêutico da relação humana com técnicos experientes e altamente qualificados. Estes favorecem o desenvolvimento de um ambiente seguro e continente, onde a empatia e a ausência de juízos de valor, possibilitam a expressão e regulação graduais dos afetos e emoções.

Casa de Alba

Missão

A sua filosofia é proporcionar alojamento aliado a uma intervenção terapêutica multidisciplinar, num ambiente em que se fomente a proximidade afetiva, a individualidade, a autonomia e a segurança, e a intervenção seja sustentada por práticas com suporto empírico (evidence-based practice) e também pela evidência que surge da avaliação sistemática e contínua da prática clínica (practice-based evidence).

Equipa Técnica

Equipa multidisciplinar com experiência internacional.
- Psicólogos clínicos, psicoterapeutas acreditados e médicos psiquiatras.
- Colaboração de enfermeiros especialistas, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, arte-terapeutas, entre outros.
- Articulação com o Serviço Nacional de Saúde, Instituto de Segurança Social, Instituições Académicas e outras organizações não governamentais.

Comissão Consultiva

Isaura Manso Neto

Isaura Manso Neto é médica psiquiatra, com formação em psicoterapia psicanalítica e grupanálise. É membro didacta e supervisor da Sociedade Portuguesa de Grupanálise e Membro Efectivo da Group Analytic Society International, onde pertence à Direcção desde o ano 2008. Mantém consultório privado, tendo também trabalhado no sector público no Hospital de Santa Maria (Hospital de Dia do Departamento de Psiquiatria) onde introduziu, no Ano 2001, os Grupos Multifamiliares - «Psicoanalisis Multifamiliar» (Badaracco, J.G., 2000). Colabora, desde 1999, com a Federação Europeia de Psicoterapia Psicanalítica (EFPP) tendo organizado várias conferências. É actualmente Chairperson do 16º Symposium Europeu em Grupanálise da GAS. Isaura Manso Neto apresentou o seu trabalho em Conferências Nacionais e Internacionais, tendo também publicado vários artigos e capítulos de livros. Em 2008, juntamente com a equipa do Hospital de Dia, foi-lhe atribuído o prémio Jane Abercrombie da GAS London.

 

Jaakko Seikkula

biografia brevemente

 

Rex Haigh

biografia brevemente

 

Célia Sales

Psicóloga, Mestre em Terapia Familiar Sistémica e Doutorada em Saúde Mental pela Universidade de Sevilha. Professora Auxiliar no Departamento de Psicologia da Universidade de Évora e Investigadora no Centro de Investigação e Intervenção Social do ISCTE-IUL. Os seus interesses de investigação abrangem a avaliação personalizada em saúde mental e cuidados primários (sistemas de avaliação personalizados que possam ser implementados na rotina dos serviços de saúde mental) e também a intervenção sistémica em psiquiatria, na educação e em contextos de exclusão social. É Vice-Presidente da Associação Portuguesa de Terapia Familiar e Comunitária e desenhou vários programas de formação avançada em terapia familiar (ex. Mestrado em Terapia Familiar e Comunitária na Universidade Eduardo Mondlane em Moçambique). Trabalhou como perita (ex. Universidade de Maastricht e Governo de Portugal) e como formadora (ex. Universidade de Sevilha e Diputacion de Alicante) em projectos internacionais e programas de formação.

 

Francisco Ortega Beviá (antigo membro)

Professor Catedrático de Psiquiatria na Universidade de Sevilha. Chefe de Serviço do Hospital Universitário e Director dos estudos pós-graduados em Psicoterapia, Terapia Familiar e Psicossociologia.

 

Chris Evans (antigo membro)

Chris Evans(Chair)
Chris Evans é 'Consultant Medical Psychotherapist' no Sistema Nacional de Saúde Britânico (NHS) e trabalha em Saúde Mental desde 1984. Fez diversas formações pós-graduadas em psicoterapia, sendo as mais significativas em terapia psicanalítica e psicodinâmica pelo 'Royal College of Psychiatry', em Grupanálise pelo Instituto de Grupanálise (IGA) e em terapia familiar e sistémica de nível avançado no Tavistock and Portman NHS Trust e East London University. Trabalhou em inúmeros settings clínicos, tanto na comunidade como em hospitais de alta segurança, tendo também experiência de 'milieu therapy' em comunidades terapêuticas residenciais (Atkinson Morley's Hospital) e não-residenciais (Mandala Centre em Nottingham, UK). É actualmente co-director do projecto CORE (Clinical Outcomes in Routine Evaluation) e Professor Catedrático na Universidade de Nottingham, tendo publicado mais de 110 artigos em jornais e revistas científicas com 'peer-review'.

 

Simon du Plock (antigo membro)

Simon du PlockSimon du Plock é Director do Departamento de 'Post-Qualification Doctorates' no Metanoia Institute em Londres, onde lidera projectos de investigação doutoral em parceria com a Universidade de Middlesex 'School of Health and Education'. É Psicoterapeuta Fenomenológico-Existencial, Psicólogo do Aconselhamento pela Sociedade Britânica de Psicologia e Fellow da Royal Society of Medicine. Trabalhou em comunidades terapêuticas residenciais, no Serviço Nacional de Saúde Britânico (NHS) e em Consultório Privado. Simon lecciona internacionalmente em aspectos ligados à Psicoterapia Existencialista e é autor de mais de setenta capítulos de livros e revistas científicas com 'peer-review'.

 

Acordos e Convenções

A ADSE comparticipa os cuidados de saúde a que os seus beneficiários se submetam, através da modalidade de Regime Livre, mediante apresentação da factura detalhada com respectiva identificação. Desta forma a Casa de Alba passa a facultar, a todos os seus utentes que solicitem, a factura detalhada para que possam usufruir da referida comparticipação nos diversos serviços por nós prestados.

  • ADSE